Homem destrói ponte que era seu pesadelo no trânsito

Um homem que durante 30 anos sofreu com outros milhares de moradores da região os intermináveisengarrafamentos devido a uma estreita ponte levadiça entre os Estados de Maryland e Virginia teve o prazer de destruir a via, com a autorização das autoridades. Dan Ruefly, que sofreu uma fratura no quadril num acidente na ponte, em 1999, baixou uma alavanca para desencadear a destruição com 90 toneladas de explosivos. A detonação controlada aconteceu à1h25 (de Brasília). O homem, morador de Maryland que ganhou um concurso para ter a honra, cruzou a ponte todos os dias durante 30 anos. Ele fazia uma viagem de duas horas para chegar a seu trabalho, e se levantava às 5h da madrugada para evitar os engarrafamentos. "Para mim é uma honra destruir uma ponte que causou problemas intermináveis a todo o mundo", disse Ruefly a um canal de televisão. A Woodrow Wilson Memorial Bridge, que cruzava o Rio Potomac entre os dois Estados, ao sul do Distrito de Columbia, que abriga acapital americana, tinha sido construída em 1961. Com quatro pistas, ela recebia cerca de 75 mil veículos por dia na época. Atualmente, onúmero tinha aumentado para 200 mil e a cada dia os engarrafamentosde vários quilômetros eram o pesadelo de seus usuários. A situação piorava quando a ponte era erguida para permitir a passagem dos barcos que percorrem o rio. A velha ponte foi parcialmente substituída por uma nova, cuja construção começou há seis anos, com 12 pistas e uma capacidadediária de 300 mil veículos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.