Homem do sapato-bomba não testemunhará em julgamento de Moussaoui

O membro da rede da Al Qaeda Richard Reid, conhecido como o "homem do sapato-bomba", não testemunhará no julgamento de Zacarias Moussaoui, o único acusado nos Estados Unidos pelos atentados de setembro de 2001, informou hoje a juíza do caso, Léonie Brinkema. Sem dar detalhes sobre sua decisão, Brinkema retirou a ordem que tinha apresentado inicialmente para que Reid depusesse como testemunha de defesa no julgamento de Moussaoui. Reid cumpre prisão perpétua em um centro de detenção do Colorado por ter tentado explodir em 2001 um avião da American Airlines que viajava de Paris para Miami com 197 pessoas a bordo. No mês passado, Moussaoui disse que ele e Reid planejaram seqüestrar um quinto avião em 11 de setembro para jogá-lo contra a Casa Branca. Os advogados de defesa de Moussaoui asseguram que seu cliente inflou seu papel nos atentados para aumentar seu papel na história.

Agencia Estado,

15 Abril 2006 | 00h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.