Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Homem é condenado à morte em caso de suicídio coletivo

Um japonês foi condenado à morte nesta quarta-feira, 28, pelo assassinato de três pessoas que ele conheceu por meio de um site dedicado a suicídios em grupo em 2005, afirmou uma porta-voz do tribunal.O Hiroshi Maeue, 38, desempregado, convidou um garoto de 14 anos a cometer suicídio com ele por meio de fumaça de carvão, mas então sufocou o rapaz até a morte, informou a agência de notícias Kyodo.Maeue matou outras duas pessoas --uma jovem de 25 anos e um universitário de 21-- por meios semelhantes e abandonou os corpos, segundo a Kyodo."A natureza dos crimes foi cruel e torna Maeue uma pessoa difícil de ser corrigida", disse o juiz Kazuo Mizushima, do tribunal de Osaka, no oeste do Japão, ao pronunciar a sentença de morte.Um aumento no número de sites que incentivam suicídio tem acontecido nos últimos anos no Japão, onde a taxa de suicídio é uma das mais altas entre países industrializados.Especialistas dizem que os sites atraem quem tem medo de morrer sozinho e a polícia afirma que o número de pessoas que morreram em pactos de suicídio em grupo depois de se encontrarem online somou 56 em 2006 ante recorde de 91 em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.