AP Photo / Matt Dunham
AP Photo / Matt Dunham

Homem é detido acusado de danificar pintura de Picasso em museu de Londres

Segundo imprensa britânica, a obra danificada seria 'Busto de uma mulher', avaliada em mais de R$106 milhões

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de janeiro de 2020 | 09h17

Um homem de 20 anos está em custódia enquanto aguarda sua próxima audiência depois de ser acusado de danificar uma pintura de Picasso no museu Tate Modern, em Londres.

A polícia de Londres disse na terça-feira, 30, que Shakeel Ryan Massey, do noroeste de Londres, foi acusado de danos criminais.

Ele apareceu no Tribunal de Magistrados de Camberwell Green na segunda-feira, 29. A polícia informou que o ataque à obra de arte aconteceu no sábado, mas não foi especificado qual seria a pintura. A mídia britânica disse que a obra se trata do quadro 'Busto de uma mulher'.

O Tate Modern disse que a pintura danificada estava sendo avaliada por sua equipe de conservação, e o museu permaneceu aberto.

A pintura 'Busto de uma mulher', de 1944, avaliada em cerca de 20 milhões de libras (mais de R$106 milhões ), mostra a fotógrafa Dora Maar em estilo semi-abstrato, usando chapéu e roupas verdes. / AP, Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.