Homem é detido no aeroporto de Pequim após dizer que tinha explosivo

O homem estava com um tubo de pasta de dentes, que afirmou ser explosivo

EFE,

20 de março de 2008 | 01h21

Um homem de nacionalidade chinesa foi detido no aeroporto de Pequim após dizer que estava com material explosivo em um tubo de creme dental, informou a agência oficial de notícias "Xinhua". O homem, identificado pelo sobrenome Tie, disse que o creme dental que insistia em levar ao embarcar em um avião da companhia aérea Shandong Airlines era "material explosivo", destacou o "China Youth Daily". Quando Tie passou pelo controle de segurança no aeroporto de Pequim, em 17 de março, foi descoberto que o homem estava com um tubo de pasta de dentes na mochila. Segundo a proibição de levar líquidos na bagagem de mão, os inspetores ordenaram que o homem deixasse o objeto. No entanto, Tie se negou a deixar o creme dental e iniciou uma discussão, na qual terminou ameaçando que sua pasta de dentes era "material explosivo", informou o jornal. Depois, os oficiais conseguiram analisar a substância e determinaram que a pasta não era material explosivo, mas o homem foi detido e multado.

Tudo o que sabemos sobre:
EXPLOSIVOPEQUIM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.