Homem é executado com injeção letal

John Hardy Rose, de 40 anos, condenado à morte por ter estrangulado e apunhalado sua noiva, tirando-lhe a vida, recebeu, nesta sexta-feira, uma injeção letal, na Prisão Central de Raleigh, na Carolina do Norte. Apesar do pedido de clemência do papa e de todos os recursos apresentados por sua defesa perante os tribunais e o governador do Estado, Michael Easley, o homem recebeu a injeção letal às duas da madrugada (hora local), desta sexta-feira, em cumprimento à pena máxima a que foi condenado por seu crime. Com sua execução, Hardy Rose tornou-se a quinta pessoa a receber, desde o início deste ano, a pena capital, na Carolina do Norte, e a 21ª, desde que foi restabelecida a pena de morte em 1984. "Sei que fui perdoado pelas pessoas que me amam", foram as últimas palavras do condenado. Após sua prisão, em 1991, Hardy Rose admitiu ter assassinado sua companheira, estrangulando-a e apunhalando-a, e ter em seguida enterrado o corpo para escondê-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.