Homem é fuzilado em público por rebeldes

Rebeldes islâmicos mataram um homem em um fuzilamento público diante de mais de cem pessoas em Timbuctu, segunda maior cidade do Mali, no norte do país. A execução fez voltar os temores de que uma nova onda de violência chegue à região. O assassinato ocorreu no local controlado por grupos rebeldes islâmicos e tuaregues. Uma testemunha disse a jornalistas que o morto no fuzilamento era membro do Movimento Nacional pela Libertação de Azawad, grupo que luta pela independência do norte do Mali.

O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.