AP Photo/Evan Vucci
AP Photo/Evan Vucci

Homem é preso após pular grade de proteção da Casa Branca

O rapaz, identificado como Joseph Caputo, foi imobilizado pela segurança do local em poucos segundos; autoridades não divulgaram o motivo da invasão, ocorrida na tarde quinta-feira

O Estado de S. Paulo

27 de novembro de 2015 | 12h26

WASHINGTON - Um homem enrolado na bandeiras dos Estados Unidos foi preso na tarde de quinta-feira, 26, depois de pular a grade de proteção da Casa Branca enquanto a família Obama estava no local celebrando o Dia de Ação de Graças (veja vídeo abaixo).

Joseph Caputo foi controlado poucos instantes depois de escalar a barreira no lado norte da Casa Branca e foi indiciado pela tentativa de invasão, afirmou um porta-voz do serviço secreto americano. As autoridades não informaram a idade, a cidade de origem ou as razões alegadas por Caputo ao invadir o local.

Vanessa Peña, uma moradora do Estado da Virgínia que estava visitando a capital dos EUA com a irmã, afirmou que as duas viram quando Caputo tirou a camiseta, enrolou na bandeira americana e decidiu invadir a Casa Branca. 

"Ele disse algo como: 'tudo bem, vamos fazer isso'. Depois, correu em nossa direção, pulou o primeiro bloquei e escalou a cerca de proteção", afirmou Vanessa. "Assim que ele caiu no gramado, ele levantou os dois braços e se ajoelhou", explicou.

Caputo foi imobilizado e detido pela equipe de segurança da Casa Branca. Segundo Vanessa, a ação toda não durou mais do que cinco minutos. No entanto, por medida de segurança, os turistas que estavam nas imediações do emblemático ponto da capital foram obrigados pela polícia a se distanciarem e boa parte do perímetro ficou isolada durante toda a tarde. / WPOST e REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.