Homem é preso por se declarar ateu em rede

A polícia de Pulau Punjung, na Indonésia, deteve o funcionário público Alexander An, de 30 anos, por "crime de blasfêmia". An declarou no Facebook ser ateu e disse que "Deus não existe". O homem pode ser condenado a até cinco anos de prisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.