, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2010 | 00h00

A China registrou em menos de um mês três ataques a grupos de estudantes por homens armados com facas. O mais recente deles ocorreu ontem, quando um desempregado de 47 anos feriu 28 crianças de menos de 4 anos em um jardim da infância na província de Jiangsu, na costa leste do país. Na quarta-feira, Chen Kangbing, de pouco mais de 30 anos, atingiu 15 estudantes e um professor de uma escola primária. Cinco deles continuavam internados ontem em situação grave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.