REUTERS/Andrew Kelly
REUTERS/Andrew Kelly

Homem esfaqueia duas funcionárias do Moma de Nova York nos EUA

No Twitter, o prefeito de Nova York, Eric Adams, disse que acompanha o caso e agradeceu aos serviços de emergência pelo rápido atendimento das vítimas

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de março de 2022 | 23h19

Um homem esfaqueou duas funcionárias do Museu de Arte Moderna de Nova York (Moma), na tarde deste sábado, 12. O suspeito, que não teve a identidade revelada, atacou as duas mulheres após ter a entrada negada, porque seu ingresso estava vencido. 

Em entrevista coletiva, um porta-voz do Departamento de Polícia de Nova York disse que ele era portador de um cartão anual de acesso às instalações que havia expirado e não aceitou comprar um novo bilhete para poder entrar no museu de arte moderna.

Ainda de acordo com a polícia, o homem já era conhecido por conta de "incidentes anteriores". Ele conseguiu escapar após o ataque e o museu foi esvaziado. As funcionárias não correm risco de vida.

No Twitter, o prefeito de Nova York, Eric Adams, disse que acompanha o caso e agradeceu aos serviços de emergência pelo rápido atendimento das vítimas.

Tudo o que sabemos sobre:
artes plásticasMomaingressomuseu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.