Homem explode perto da casa de político iraquiano

Um suposto atacante suicida explodiu-se a si mesmo hoje, próximo à residência de um importante político curdo, em Sulaymaniya, no norte do Iraque, informaram autoridades. Segundo as fontes, o suposto suicida era membro do grupo extremista islâmico Ansar al-Islã, acusado pelos Estados Unidos de proteger fugitivos da Al-Qaeda. No entanto, o chefe de segurança da cidade, Sarkawt Kuba, negou o envolvimento do suspeito com a organização. De acordo com Kuba, o homem pertencia outro grupo, cujo nome o oficial se recusou a informar. A explosão ocorreu na rua atrás da casa de Kosrat Rasool Ali, um alto oficial da União Patriótica do Curdistão, que administra parte da área curda autônoma do norte do Iraque. Ninguém ficou ferido e apenas o suicida morreu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.