Marie Laguerre / Facebook
Marie Laguerre / Facebook

Homem faz comentários obscenos para jovem na França, ela reage e é agredida por ele

Agressor jogou um cinzeiro na direção de Marie Laguerre e bateu no rosto dela; vídeo da agressão viralizou nas redes sociais

O Estado de S.Paulo

31 Julho 2018 | 08h34

PARIS - A Procuradoria de Paris abriu uma investigação depois que uma jovem publicou um vídeo nas redes sociais no qual é agredida por um homem de cerca de 30 anos de idade após responder a comentários obscenos feitos por ele, informaram fontes judiciais na segunda-feira, 30.

Marie Laguerre, uma estudante de 22 anos, relatou na semana passada no Facebook a agressão que sofreu. “Disse para ele calar a boca e continuar andando”, contou a jovem. “Não tolero esse tipo de comportamento. Não posso me calar e não devemos nos calar”, escreveu ela na mensagem publicada nas redes sociais.

O agressor “não gostou” do que ouviu e “lançou um cinzeiro” na direção de Marie antes de “bater no rosto dela” diante de várias pessoas que estavam em um café próximo. Um homem que presenciou o ocorrido tentou deter o agressor, mas ele conseguiu fugir.

A mensagem da jovem foi publicada junto ao vídeo que mostra a agressão, obtido por uma câmera de segurança do estabelecimento. "Ele não é o único. O assédio é diário", afirmou ela.

Imprensa francesa

Assédio na rua, a prova em imagens” é o título da matéria feita pelo jornal Le Parisien, depois que o material viralizou. “O que está em jogo é sério: é a liberdade das mulheres para circular livremente em público”, disse a secretária de Estado responsável pela igualdade de gênero, Marlene Schiappa, em entrevista à publicação.

A ministra indicou ainda que o governo francês está se preparando para aprovar ainda este ano uma lei que punirá o assédio sexual nos espaços públicos com multas, uma promessa feita pelo presidente francês, Emmanuel Macron, para combater o assédio. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.