'Homem-ímã' quebra recorde com 53 colheres grudadas ao corpo

Morador da Geórgia superou seu próprio recorde anterior em número de colheres grudadas ao corpo por magnetismo

Reuters,

28 de dezembro de 2013 | 12h41

SÃO PAULO -  Etibar Elchiyev posou com mais de 50 colheres grudadas no corpo para tentar entrar para o Livro dos Recordes. Ele diz que seu corpo tem características magnéticas e apresentou-se como o ser humano com maior número de colheres penduradas ao corpo por magnetismo.

Durante sua façanha em Tbilis, capital da Geórgia na Europa Oriental, Elchiyev apareceu sério e sombrio com as colheres pendurados aleatoriamente em seu peito e ombros em frente de espectadores.

Há seis anos, o croata Ivan Stoiljkovic também apresentou-se com talheres, moedas e até mesmo uma frigideira pendurada ao corpo, estabelecendo o recorde mundial para o mais poderoso "homem-ímã" do mundo, com 55 quilos de metal.

 

O recorde mundial de "mais número de colheres equilibrado sobre a Face" foi alcançado por Joe Allison, um jovem britânico, em Devon, Reino Unido, com um total de 16 colheres, em 2008.

Ele usou colheres de chá de aço inoxidável e equilibrou cinco colheres na testa, 4 nas bochechas, 1 no nariz, 2 no lábio superior, um em cada orelha e 2 no queixo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.