Homem incendeia casa e mata bombeiros nos EUA

Um homem que atraiu bombeiros até sua casa em chamas nesta segunda-feira, 24, para depois atirar neles, deixou um bilhete no qual afirmava que queria queimar o bairro inteiro e "fazer o que mais gostava: matar pessoas", informa a polícia do Estado de Nova York nesta terça-feira.

RICARDO GOZZI, Agência Estado

25 de dezembro de 2012 | 16h12

Gerald Pickering, comandante da polícia de Webster, informou ainda que continua desaparecida a irmã do suspeito, identificado como William Spengler, um ex-condenado de 62 anos.

Pickering relatou que Spengler armou-se e incendiou a própria casa para atrair os bombeiros para uma emboscada na segunda-feira.

Spengler matou dois bombeiros e feriu mais dois no episódio. A seguir, Spengler suicidou-se enquanto sete casas vizinhas pegavam fogo a seu redor. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
WebsterpolíciaWillian Spengler

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.