Homem mais rico da França quer cidadania belga

O homem mais rico da França, Bernard Arnault, dono da Louis Vuitton, entrou com pedido para conseguir cidadania belga, segundo relatos da imprensa internacional. A mídia francesa imediatamente fez conexão entre o pedido de Arnault e o plano do presidente do país, François Hollande, de aumentar para 75% os impostos para quem ganha mais de 1 milhão de euros. A ideia faz parte dos esforços do governo em reduzir o déficit do país.

AE, Agência Estado

08 de setembro de 2012 | 18h21

Especialistas, no entanto, dizem que a cidadania belga não mudaria a situação fiscal de Arnault, que é determinada pelo local de residência e não pela cidadania. Arnault tem criticado o plano de Hollande e muitos franceses milionários já ameaçaram deixar o país caso esse plano seja adotado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaArnaultcidadania

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.