Homem mais velho do mundo faz 112 anos no Japão

País terá até o fim do mês mais de 30 mil centenários, sendo 27.682 mulheres e 4.613 homens

Efe,

18 de setembro de 2007 | 02h29

O homem mais velho do mundo, o japonês Tomoji Tanabe, celebrou nesta terça-feira seu 112º aniversário, na província de Miyazaki, no sudoeste do Japão. Ele disse que deseja viver "indefinidamente", informou a agência de notícias Kyodo. "Quero viver indefinidamente. Não quero morrer", afirmou Tanabe. Segundo seus parentes, Tanabe mantém um diário pessoal, lê todos os dias os jornais e quase não precisa de ajuda para realizar suas atividades cotidianas. O aniversariante recebeu de pé a visita do prefeito da localidade, Makoto Nagamine, e agradeceu a todos pelo interesse. Tomoji Tanabe nasceu em 18 de setembro de 1895. Desde junho ele tem o certificado do Livro Guinness dos Recordes de homem mais velho do mundo. O Japão contará no fim de setembro com mais de 30 mil centenários, segundo um recente estudo do Ministério japonês de Saúde. Serão 27.682 mulheres e 4.613 homens com mais de 100 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.