AP
AP

Homem mais velho do mundo tem seu bar mitzvah aos 113 anos

Yisrael Kristal não pôde ter sua cerimônia judaica aos 13 anos em razão da 1ª Guerra

O Estado de S.Paulo

06 de outubro de 2016 | 22h07

Yisrael Kristal, de 113 anos, celebrou seu bar mitzvah na semana passada, mas com 100 anos de atraso.  A cerimônia, que insere o jovem judeu como um integrante pleno da comunidade judaica aos 13 anos, não pôde ser realizada quando Kristal tinha essa idade, pois ele vivia na Polônia, sua mãe havia morrido três anos antes e seu pai tinha sido convocado para lutar na 1.ª Guerra. Ficou órfão aos 16 anos, quando o pai morreu de tifo.

"Meu pai é um homem religioso e sonhou a vida inteira em ter seu bar mitzva", disse a filha dele, Shulamith Kristal Kuperstoch. "Foi um milagre depois de tudo o que ele passou na vida."

Acompanhado da família, que cantou, dançou e acendeu velas, Kristal finalmente realizou a tão sonhada cerimônia em Haifa na presença de dois filhos sobreviventes, 9 netos e 30 bisnetos.

Kristal tinha uma loja de doces em sociedade com um tio quando começou a 2.ª Guerra. Seus dois filhos mais velhos morreram no gueto de Lodz e sua primeira mulher morreu no campo de concentração de Auschwitz, para onde ele também foi enviado. Quando as tropas aliadas libertaram Auschwitz, em 1945, ele foi resgatado pesando apenas 37 quilos. Kristal foi o único membro de sua família a sobreviver ao Holocausto.

Após a guerra, ele se casou novamente e foi morar em Israel em 1950, onde refez a vida e teve outros filhos.

Em março, aos 112 anos e 78 dias, ele foi declarado o homem mais velho do mundo pelo Guinness Book.

Shulamith disse que o segredo da longevidade do pai é que "ele come para viver em vez de viver para comer". Segundo a filha, Kristal vive na própria casa com uma cuidadora. "Ele é muito interessado em política e costumava ler jornais diariamente. Mas agora eu leio para ele depois que sua visão ficou fraca." / NYT

Mais conteúdo sobre:
PolôniaHolocaustoIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.