Homem morre após protestos em Londres

Vítima de 26 anos teria sido atingida por tiro na noite segunda em Croydon

estadão.com.br

09 de agosto de 2011 | 08h59

Policial observa cena de destruição em Clapham Junction, no sul de Londres

 

 

Um homem de 26 anos morreu nesta terça-feira, 9, após ter levado um tiro dentro de um carro em Croydon, no sul de Londres. Segundo a agência de notícias SkyNews, que cita a Polícia Metropolitana de Londres como fonte, o homem havia sido ferido na noite de segunda-feira, mas não resistiu e morreu hoje em um hospital. 

 

Veja também:

Cameron: 'Vocês sentirão a força da lei'

blog RADAR GLOBAL: Conte-os sua história

som ÁUDIO: Não existe registro de brasileiros feridos

som ÁUDIO: Brasileiro relata tensão em Londres

video VÍDEO: Revoltas se espalham por Londres

mais imagens GALERIA: Veja imagens da violência em Londres 

 

Pelo menos 525 pessoas já foram presas deste a última sexta-feira, quando tiveram inícios os tumultos na capital britânica. As revoltas ocorreram após Mark Duggan, um taxista de 29 anos, ser morto pela polícia no bairro de Tottenham.

 

Para tentar conter a onda de violência, o primeiro-ministro David Cameron anunciou nesta terça que irá aumentar o contingente de policiais nas ruas de Londres. Segundo Cameron, o efetivo passará dos atuais 6 mil para 16 mil.

 

Cameron também marcou para quinta-feira uma reunião extraordinária de emergência do Parlamento para discutir os tumultos.

 

O Parlamento se encontra atualmente em recesso.

 

Aguarde mais informações.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.