Homem morre de gripe aviária na China

Um homem morreu de gripe aviária na província chinesa de Guangdong no sábado, uma semana depois de entrar no hospital com febre, disse a mídia oficial chinesa.

REUTERS

31 de dezembro de 2011 | 11h49

O motorista de ônibus de 39 anos que morava em Shenzhen, logo após a fronteira com Hong Kong, apresentou sintomas no dia 21 de dezembro e entrou no hospital no dia 25 por causa de uma severa pneumonia, disse a agência oficial de notícias Xinhua.

Ele morreu no início da tarde (horário da China) de múltipla falência dos órgãos, tendo apresentado o resultado positivo para o teste do vírus H5N1, informou a agência.

O homem não teve contato direto com aves no mês anterior à doença e não deixou a cidade, disse a Xinhua.

O jornal oficial de Guangdong, o Southern Daily, informou ainda que 120 pessoas que tiveram contatos com o homem não desenvolveram sinais da doença.

Há cerca de 10 dias, Hong Kong abateu 17 mil frangos em um mercado de venda de aves por atacado e suspendeu todas as importações de frangos vivos da China por 21 dias, depois que uma galinha apresentou resultado positivo para teste do vírus H5N1.

(Por Ben Blanchard)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAGRIPEAVIARIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.