Homem pode ser 13ª vítima do franco-atirador

Um homem que levou um tiro no peito em um ponto de ônibus ao norte de Washington, na manhã desta terça-feira, pode ter sido a 13ª vítima do atirador de Washington. A polícia montou várias barreiras nas avenidas e ruas na área do ataque. Há informações de que, como nos outros 12 ataques atribuídos ao misterioso franco-atirador nas últimas três semanas, apenas um tiro foi disparado.O homem foi levado de helicóptero para o hospital, mas ainda não há informações sobre seu estado de saúde. O último ataque confirmado como sendo o do atirador de Washington aconteceu na porta de um restaurante no Estado de Virgínia, 110 quilômetros ao sul da capital americana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.