Homem que encontrou doador de rim na internet é operado

No que talvez represente a primeira doação de órgão viabilizada por um serviço online pago, um homem recebeu um novo rim nesta quarta-feira. Questões éticas continuam em aberto sobre a transação que permitiu a Bob Hickey,de 58 anos, ser operado pelo médico Igal Kam, cirurgião que vinha se recusando a realizar o procedimento. Kam havia cancelado a operação, prevista para segunda-feira, ao saber que Hickey havia conhecido o doador, Robert Smitty, depois de pagar para inserir um perfil no website MatchingDonors.com, que cobra tarifas - que podem chegar a US$ 290 ao mês - para publicar perfis de pessoas de precisam de doadores vivos de órgãos. Hickey, que precisava de um novo rim desde 1999, cansou-se de esperar pela lista pública de doadores. Em três meses no website, ele recebeu 500 ofertas. O Comitê de Ética Clínica do hospital se reuniu na terça-feira para avaliar o transplante, incluindo a questão de se Hickey ou Smitty iriam ganhar dinheiro com o procedimento. O grupo aconselhou o hospital a abrir uma "exceção de misericórdia" e levar o transplante adiante, já que ambos os homens haviam assinado declarações afirmando que não haveria benefício financeiro.

Agencia Estado,

20 Outubro 2004 | 18h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.