Homem que planejava assassinar Obama é condenado

Um juiz condenou nesta terça-feira formalmente à morte um homem que matou uma mulher como parte do que ele alegou ser um complô para assassinar o presidente dos EUA, Barack Obama.

AE, Agência Estado

14 Maio 2014 | 12h57

A audiência desta terça-feira formalizou a decisão unânime de um júri para sentenciar à morte James McVay, de 44 anos. Ele teria sido condenado à prisão perpétua sem liberdade condicional, se a decisão dos jurados não fosse unânime.

McVay se declarou culpado, mas mentalmente doente, para esfaquear em 2011 Maybelle Schein, de 75 anos. Ele disse que matou Schein e roubou seu carro como parte de seu plano para fugir para Washington e matar o presidente. Mais tarde ele foi preso em Madison, Wisconsin.

A família de Schein se recusou a falar durante a audiência. Os promotores, McVay e seus advogados também não fizeram nenhum comentário. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUA assassinato Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.