Homem sequestra avião na Jamaica

Passageiros são libertados, mas tripulação permanece refém; avião fretado seguia para o Canadá.

BBC Brasil, BBC

20 de abril de 2009 | 06h27

Um homem armado sequestrou um avião de passageiros no balneário de Montego, na Jamaica, e ainda mantém cinco membros da tripulação como reféns nesta segunda-feira.

Ao todo, havia 182 pessoas a bordo do avião fretado pela CanJet, entre elas, 169 passageiros, que foram libertados.

O avião deveria ter partido para Halifax, no Canadá, no domingo à noite, quando foi invadido pelo sequestrador, que tinha ultrapassado barreiras de segurança depois de fazer o check-in e entrou na nave brandindo uma arma de fogo.

A polícia e os serviços de segurança isolaram o aeroporto e cercaram o avião. A segurança no aeroporto de Montego, o mais moderno do Caribe, é considerada boa.

"A situação continua", disse a porta-voz do aeroporto Elizabeth Scotton, segundo a agência de notícias Associated Press.

Nenhum ferido

As informações são de que o sequestrador teria assaltado os passageiros. A maioria foi liberada meia hora depois. Também há informações de que ele teria disparado um tiro, mas ninguém ficou ferido.

"Todos os passageiros foram retirados com segurança do avião, mas a tripulação da CanJet e o sequestrador permanecem a bordo", disse a CanJet num comunicado.

"A gente entende que, entre as pessoas que permanecem a bordo, ninguém está ferido."

A maior parte dos passageiros foi levada para um hospital local, alguns deles sofrendo de choque.

Não estão claras quais as exigências do sequestrador.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
jamaicamontegoaviãocanjetsequestro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.