Foto-Rabe/Pixabay
Foto-Rabe/Pixabay

Homem sobrevive após ser picado por cobra decapitada nos EUA

Vítima usou pá para cortar cascavel e foi atacada pela cabeça do animal, o que provocou convulsões, sangramento e perda da visão

O Estado de S.Paulo

07 Junho 2018 | 19h27

CORPUS CHRISTI - Um homem está hospitalizado e se recupera depois de ter sido picado por uma cascavel nos Estados Unidos. A cobra o atacou mesmo tendo sido decapitada por ele. O caso aconteceu próximo ao Lago Corpus Christi, no Estado do Texas, no dia 27.

+++ Mulher alega ter sido picada por cobra no estacionamento do Aeroporto Santos Dumont

Segundo o jornal USA Today, Jennifer Sutcliffe e seu marido estavam no jardim de casa quando ela viu uma cascavel de cerca de 1,2 metro. Ele rapidamente pegou uma pá e cortou a cabeça da cobra. No entanto, assim que ele se abaixou para se livrar do animal, a cabeça o mordeu.

+++ Cobra é encontrada em trem da Indonésia e passageiro mata o animal sem hesitar

"Ela expeliu todo o seu veneno nesse momento", disse ao jornal Jennifer, que acionou o serviço de emergência para levar o marido até o hospital.

+++ Na Austrália, estudante descobre cobra dentro da sua mochila

Ainda de acordo com a reportagem, ele imediatamente começou a ter convulsões, sangramento interno e perdeu a visão.

Jennifer afirmou que as primeiras 24 horas depois do ataque da cascavel foram as piores. Os médicos disseram que o marido não sobreviveria, mesmo depois de terem dado a ele grandes quantidades de antídoto, e consideram o caso um milagre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.