Homem suicida-se depois de abrir fogo em igreja nos EUA

Um impasse entre a polícia e o funcionário de uma igreja que abriu fogo contra a Catedral de Cristal, no sul da Califórnia, terminou na manhã desta sexta-feira com o suicídio do agressor, dizem policiais. Ninguém ficou ferido quando o homem começou a atirar, na quinta-feira. Crianças que se encontravam em uma creche próxima foram rapidamente levadas a um local seguro.O homem permaneceu dentro da igreja durante diversas horas. O atirador suicidou-se quando a polícia tentava negociar com ele, que estava escondido num banheiro. Depois de ouvir um disparo, os policiais forçaram a porta do banheiro e encontraram o corpo do suspeito, disse o tenente Paul Prince, da polícia de Garden Grove, no sul da Califórnia.O templo imponente é a sede da igreja Ministérios da Catedral de Cristal, liderada pelo reverendo Robert Schuller. O grupo alega ter mais de 10.000 seguidores. A polícia recusou-se a identificar o homem armado, limitando-se a dizer que ele tinha cerca de 50 anos, era funcionário em tempo integral da igreja e membro do coral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.