Homenagens a Chávez continuam uma semana após sua morte

Militares tocaram cornetas no local onde ocorre o velório do líder bolivariano, na presença de Maduro e Jaua

estadão.com.br,

12 de março de 2013 | 18h56

CARACAS - As homenagens ao presidente venezuelano Hugo Chávez, que morreu no último dia 5, continuam em Caracas. Nesta terça-feira, 12, às 16h25 (horário local), exatamente uma semana após a morte do líder bolivariano, militares tocaram cornetas no local onde ocorre seu velório (assista ao vídeo abaixo).

Na cerimônia estavam presentes o presidente interino, Nicolás Maduro, o chanceler Elías Jaua e a família de Chávez. "Por nosso comandante Chávez nem um minuto de silêncio, uma vida de combate", disse Jaua antes de uma missa de corpo presente ser celebrada.

Museu da revolução

Nesta sexta-feira, o corpo do líder bolivariano será levado da Academia Militar para o Museu Histórico da Revolução Bolivariana no oeste de Caracas. Os presidentes da Bolívia, Evo Morales, e do Equador, Rafael Correa, estarão presentes.

"Convidamos todos nossos povos e recebemos a confirmação, por enquanto, de Morales e Correa", anunciou aos jornalistas o presidente interino da Venezuela, Nicolás Maduro. Será um ato para dar a Chávez um "até logo", no qual outros países estarão representados por seus embaixadores, acrescentou.

Com informações da Efe

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.