Homens abrem fogo próximo à embaixada dos EUA no Iêmen

Desconhecidos atiraram contra posto de controle após representação receber alerta; não há feridos

Agências internacionais,

26 de janeiro de 2009 | 18h14

Homens armados desconhecidos abriram fogo nesta segunda-feira, 26, do lado de fora de um posto de controle da embaixada dos Estados Unidos do Iêmen, horas depois do prédio ter recebido uma ameaça de ataque. Segundo a polícia iemenita, não há feridos. "A polícia estava seguindo o carro que abriu fogo, ninguém parece ter sido ferido. Era um posto de controle que levava à embaixada, não tão próximo ao prédio", afirmou um oficial à agência Reuters.   Veja também: Ex-preso de Guantánamo torna-se vice-líder da Al-Qaeda no Iêmen   Depois da perseguição, três homens foram presos, informaram os serviços de segurança do país à agência France Presse. Mais cedo, após ter recebido a ameaça, a embaixada aconselhou os americanos no país a adotar medidas de segurança.   No comunicado, a representação diplomática informou sobre a ameaça de um ataque que poderia acontecer num futuro próximo, e por isso pediu aos americanos no Iêmen que evitem frequentar regiões com presença de ocidentais e participar de manifestações.   Testemunhas afirmaram à agência Efe que a polícia fechou a rua principal do complexo da embaixada, que inclui a residência do embaixador. Nos últimos anos, vários pontos ocidentais têm sido atacados pela Al-Qaeda no país árabe.   (Matéria atualizada às 18h55)

Tudo o que sabemos sobre:
IêmenEUAAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.