Homens armados atacam Embaixada de Israel em Atenas

Governo grego condena incidente, que não deixou danos ou feridos: 'Qualquer ataque terrorista atinge o coração do país", diz porta-voz

O Estado de S. Paulo

12 de dezembro de 2014 | 09h01

 ATENAS - Homens não identificados abriram fogo contra a embaixada de Israel em Atenas com um fuzil Kalashnikov na madrugada desta sexta-feira, informou a polícia, mas não houve feridos ou danos.

Quatro pessoas em duas motos atiraram no prédio da embaixada, em um bairro no norte de Atenas, de acordo com um policial. As balas atingiram a parede e 54 cápsulas foram encontradas a cerca de 40 metros do edifício, segundo a polícia.

O governo grego condenou o incidente. "Qualquer ataque terrorista que atinge o coração da democracia atinge o coração do país", disse a porta-voz do governo Sofia Voultepsi.

A polícia isolou a área no entorno da embaixada, que não foi alvo de ataques em outros casos de violência na Grécia nos últimos anos, quando uma crise econômica elevou as tensões sociais e políticas.

No ano passado, a casa do embaixador alemão em Atenas também foi alvo de tiros.

Ataques com bombas e armas que causam pequenos danos e raramente provocam vítimas são comuns na Grécia, que tem um longo histórico de violência de extrema-esquerda. / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.