Homens armados atacam festa de casamento e matam 9

Homens armados abriram fogo durante uma festa de casamento no leste do Afeganistão, matando nove pessoas, entre elas o noivo. Os homens invadiram um local onde o noivo e sua família haviam se reunido na noite de ontem no distante distrito de Dur Baba e começaram a atirar, informou Ahmad Zia Abdulzai, porta-voz do governo provincial, à France Presse. Os militantes também atearam fogo a uma casa próxima e a um carro.

AE, Agência Estado

09 de junho de 2011 | 21h07

Ninguém assumiu a autoria do ataque, que aconteceu na véspera de uma reunião da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em Bruxelas para discutir a missão da aliança no Afeganistão. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deve anunciar em breve quantos soldados serão cortados em junho do total de 100 mil homens que estão no Afeganistão, levando a temores de que outros países da Otan envolvidos na luta contra os insurgentes do Taleban sigam o exemplo.

O secretário de Defesa dos EUA, Robert Gates, disse hoje em Bruxelas que não haverá "pressa de sair" por parte dos EUA. A Alemanha alertou que a retirada de tantos soldados norte-americanos da guerra de dez anos poderia colocar em risco a estratégia da Otan. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciamorteAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.