Homens armados atacam posto de controle na península do Sinai

Não há relatos de feridos, segundo agência de notícias Mena

Reuters,

07 de agosto de 2012 | 20h44

CAIRO - Homens armados atiraram contra um posto de controle na quarta-feira (horário local) em Al-Arish, no Egito, na península do Sinai, afirmou a mídia estatal, quatro dias depois que 16 guardas de fronteira foram assassinados em um ataque atribuído parcialmente a militantes palestinos.

Veja também:

som Presença e atuação de grupos terroristas na Península do Sinai aumenta após queda de Mubarak

A troca de tiros continuou até o anoitecer, mas não havia relato imediato de feridos, segundo a agência estatal egípcia Mena.

"Homens armados desconhecidos abriram fogo contra uma base de controle na principal estrada entre Al-Arish e Rafah (cidade localizada na fronteira entre Egito e Israel)", afirmou a Mena em reportagem também veiculada na TV estatal egípcia. 

Tudo o que sabemos sobre:
atentadoSinaiposto de controleEgito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.