Jose Aguilar/Reuters
Jose Aguilar/Reuters

Homens armados matam 13 policiais durante patrulha no México

De acordo com ministro da Segurança do país, oficiais foram atacados por supostos membros de uma gangue; não ficou claro se o ocorrido envolveu algum cartel de drogas

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de março de 2021 | 02h49

CIDADE DO MÉXICO - Homens armados mataram pelo menos 13 policiais mexicanos em uma emboscada perto da capital, Cidade do México, na quinta-feira, 18, disseram autoridades locais.

Fotos do ocorrido circularam nas redes sociais mostrando um carro da corporação crivado de balas e um caminhão sem identificação, com corpos de oficiais espalhados pela rua ou ainda dentro do veículo.

De acordo com o ministro da Segurança do país, Rodrigo Martinez-Celis, o comboio foi atacado em plena luz do dia por supostos membros de uma gangue na área de Llano Grande, no município de Coatepec Harinas, enquanto patrulhava a área.

Oito dos policiais mortos eram agentes estaduais, enquanto outros cinco eram oficiais designados para o Ministério Público estadual. “Este ataque é uma afronta ao estado mexicano. Responderemos com toda a força e apoio da lei”, disse o ministro em um discurso para a imprensa.

A polícia militarizada da Guarda Nacional do México e as Forças Armadas estão fazendo buscas pelos suspeitos por terra e ar.

Não ficou claro quantos deles foram mortos ou feridos no incidente, ou se o ataque envolveu algum dos principais cartéis de drogas do país./ Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.