Asif Hassan/AFP
Asif Hassan/AFP

Homens armados matam nove pessoas em comício no Paquistão

Vários carros e lojas foram queimados após incidente

AE, Agência Estado

22 Maio 2012 | 13h32

ISLAMABAD - Homens armados abriram fogo durante um comício político na cidade paquistanesa de Karachi nesta terça-feira, 22, matando pelo menos nove pessoas e dando início a um tumulto, informou a polícia.

O incidente é um lembrete sobre a volatilidade da cidade portuária, que abriga vários partidos políticos que têm braços armados que extorquem e dividem os cidadãos entre si, o que leva a frequentes episódios de violência.

O chefe de polícia da cidade, Akhtar Gorchani, disse que nove pessoas foram mortas e mais de 30 ficaram feridas. O policial Mohammed Amir afirmou que os o ataque aconteceu durante um comício realizado pelo Awami Tehrik, um pequeno grupo nacionalista, do qual participavam integrantes de vários partidos da cidade.

Vários carros e lojas foram queimados após o incidente. Não está claro quem eram os homens que realizaram o ataque, disse Amir. Ele disse que as autoridades estavam tentando restaurar a ordem.

Karachi tem 18 milhões de habitantes e é o principal centro comercial do Paquistão. Mas a cidade é dividida por tensões éticas, políticas e sectárias e pode servir de abri para militantes do Taleban e da Al-Qaeda.

O último episódio de violência teve início horas depois de a Marinha paquistanesa ter informado que condenou, numa corte marcial, três oficiais por "negligência" no caso ligado a um ataque do Taleban a uma base naval em Karachi no ano passado.

O ataque contra a base naval Mehran em maio do ano passado durou 18 horas e destruiu dois aviões de vigilância fornecidos pelos Estados Unidos, além de deixar 10 mortos na base.

As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Paquistão ataque Karachi comício

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.