Homens armados seqüestram 16 pessoas no Iraque

Homens armados seqüestraram 16 empregados de uma companhia comercial iraquiana nesta segunda-feira, informou oficiais do Ministério do Interior.Os homens chegaram à sede da companhia de importação e exportação Saeed em quatro carros. Eles pilharam papéis e computadores nos escritórios antes de levar embora os empregados, afirmou o coronel Falah al-Mohammadawi. Ainda não se sabe o motivo do seqüestro. Ainda nesta segunda-feira, cinco homens armados arrastaram o presidente de uma universidade iraquiana, Abdul Hadi Rajab al-Hitawi, para fora de sua casa, localizada na cidade de Ramadi, e o colocaram à força em um carro preto. A razão do seqüestro ainda não está clara.Al-Hitawi já fora seqüestrado no ano passado, mas, após quase um mês no cativeiro, foi libertado. Caso não solucionadoEm um audacioso ataque em uma firma de segurança particular no inicio do mês, homens armados vestidos como soldados do Ministério do Interior invadiram o local e levaram 50 pessoas, na maioria ex-militares do regime de Saddam Hussein. Não se sabe o destino destes empregados. Nos últimos anos, milhares de pessoas foram seqüestradas no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.