Homens armados seqüestram 24 pessoas e matam 20 no Iraque

Homens armados invadiram uma estação rodoviária a nordeste de Bagdá e seqüestraram 24 pessoas nesta quarta-feira para mais tarde matarem 20 de seus reféns, informaram autoridades locais. As outras quatro pessoas foram resgatadas.Um general iraquiano disse que as vítimas do ataque, que ocorreu em Muqdadiyah, a 90 quilômetros de Bagdá, eram xiitas, mas policiais disseram que a identidade delas ainda não foi confirmada.Os homens armados chegaram à estação a bordo de diversos carros por volta das 6h locais. Eles obrigaram pessoas que esperavam na estação a entrarem em quatro carros e fugiram.O general Ahmed al-Awad, comandante da 5ª Divisão do exército iraquiano, disse a uma emissora de televisão que 20 corpos foram encontrados mais tarde e que quatro reféns foram resgatados. Segundo ele, todas as vítimas eram árabes xiitas.A polícia, por sua vez, informou que as identidades não foram confirmadas e ainda não se sabe se todas as vítimas eram xiitas.O massacre ocorre um dia depois de mais de 60 pessoas terem morrido em episódios de violência ocorridos no Iraque, a maior parte em Bagdá e seus arredores.Mais 11 pessoas morreram em explosões e outros ataques ocorridos nesta quarta-feira em diversas partes do Iraque em meio a persistentes episódios de violência sectária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.