Homens armados tentam embarcar em avião com destino a Israel

As autoridades alemãs informaram hoje que foi aberta uma investigação sobre a versão de um guarda de segurança do aeroporto de Frankfurt segundo a qual ele teria impedido que dois homens armados se aproximassem de um avião com destino a Israel. O incidente ocorreu no sábado passado, quando a companhia aérea alemã Lufthansa preparava um vôo com destino a Tel Aviv. Ao que parece, tratou-se de um teste de segurança, mas, segundo o porta-voz do Ministério do Trabalho, Juergen Frank, toda a situação será investigada.Segundo Frank, um dos homens escondia uma pistola e o outro levava um punhal. Depois que o guarda encontrou as armas com um detector de metal, um dos homens mostrou uma identidade policial e lhe disse que ele tinha "passado no teste". Segundo funcionários do aeroporto e da Lufthansa, o segurança contou que um veículo com quatro homens chegou até o avião enquanto este era checado e carregado.Dois homens desceram do veículo, mostram suas identidades sem fotografia e tentaram se aproximar do avião. De acordo com relato do guarda, ele primeiro registrou o nome do suspeitos e depois descobriu as armas. Neste momento, o condutor do veículo se aproximou do segurança e disse que havia aprovado "um controle de rotina". Os quatro homens, então, se afastaram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.