Homens atacam hospital paquistanês e matam 12

Homens armados abriram fogo contra um hospital paquistanês onde vítimas de um ataque contra mesquitas em Ahmadi eram tratadas. O ataque ocorrido na noite desta segunda-feira deixou 12 mortos.

AE, Agência Estado

31 de maio de 2010 | 17h27

Os homens abriram fogo no portão do hospital Jinnah, na cidade de Lahore, onde vítimas e um dos supostos participantes de um ataque realizado na sexta-feira contra uma seita minoritária eram tratados.

"Eles começaram a disparar indiscriminadamente do lado de fora da ala de emergência e de cuidados intensivos", informou o médico Javed Akram. Entre as vítimas estão policiais e atendentes do hospital. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãohospitalataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.