Homens incendeiam prédio de emissora de TV no Iraque

Entre 40 e 50 homens armados e vestidos com roupas militares invadiram uma emissora de televisão no norte do Iraque neste domingo, atiraram nos equipamentos e atearam fogo ao prédio, aparentemente em retaliação à transmissão das imagens de um protesto no início desta semana.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2011 | 12h43

Segundo Farhang Hars, representante da emissora NRT, a estação de televisão estava localizada na cidade de Sulaimaniyah, 260 quilômetros ao nordeste de Bagdá, e estava operando há alguns dias. "O canal mostrou vídeos da última manifestação na cidade e parece que nosso trabalho perturbou algumas partes", disse Shaswar Abdul-Wahid, dono da rede de televisão. Ele não especificou quem considera ser responsável pelo ataque.

O protesto transmitido pela emissora aconteceu na quinta-feira. Forças de segurança atiraram em manifestantes que estavam atirando pedras na sede do partido do presidente da região curda do Iraque, Massoud Barzani. Duas pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas. O partido disse que os guardas agiram para se defender. Os grupos da oposição consideraram o incidente um ataque contra civis desarmados. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueCurdistãoataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.