Homens pró-Rússia tomam controle de base militar na Crimeia, diz agência

Segundo militares, grupo entrou no local com um caminhão e negocia com comandante da base

O Estado de S. Paulo,

07 de março de 2014 | 18h07

SEBASTOPOL, UCRÂNIA - Homens armados pró-Rússia tomaram controle de um posto militar em Sebastopol, na região da Crimeia nesta sexta-feira, 7, afirmou a agência Interfax. O grupo, que não disparou nenhum tiro, usou um caminhão para entrar no local.

Segundo a agência AFP, citando um porta-voz do Ministério ucraniano da Defesa, os homens negociaram com o comandante da base. Um funcionário militar confirmou a um repórter da agência Reuters que uma negociação estava ocorrendo. Outro militar, Vladislav Seleznyov, afirmou que ninguém ficou ferido na ação.

Nesta sexta, guardas de fronteira da Ucrânia disseram que a Rússia tem atualmente 30 mil militares na Crimeia, quase o dobro do número divulgado pelo governo de Kiev no início da semana. Segundo Serhiy Astakhov, assessor do chefe do serviço de guardas da fronteira, o número inclui as tropas que chegaram na semana passada e os militares da frota russa no mar Negro, que têm base permanente no porto de Sebastopol./ REUTERS e AP

 

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaCrimeiaRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.