Shizuo Kambayashi/AP
Shizuo Kambayashi/AP

Honda convoca recall por problema com airbags

Até o mês de fevereiro, 12 incidentes relacionados a este defeito tinham sido informados à empresa

Efe

10 de fevereiro de 2010 | 02h44

A Honda anunciou nesta quarta-feira,10, que vai chamar 437.763 donos de veículos em várias partes do mundo em um recall para substituir o sistema de acionamento de seus airbags, um problema detectado há 16 meses, que já tinha obrigado a revisar outros 440 mil automóveis.

 

A empresa tinha anunciado na terça-feira, 9, que serão revisados 378.758 carros nos Estados Unidos. Na manhã desta quarta-feira, no Japão, foi confirmado que serão convocados os donos de 4.042 veículos no Japão, 41.685 no Canadá e 13.278 em outras partes do mundo.

 

A empresa disse que o problema pode fazer com que o airbag do lado do motorista se ative com muita pressão, o que pode provocar seu rompimento. A ruptura durante um acidente pode causar graves lesões ou até mesmo a morte do motorista, segundo a própria companhia.

 

O recall nos EUA envolve alguns veículos dos modelos Accord, Civic, Odyssey e CR-V de 2001 e 2002 e Acura TL 2002. No Japão, outro modelo afetado é o Inspire. A empresa disse que até este mês tinha sido informada de 12 incidentes relacionados com o defeito, embora nenhum tenha acontecido desde julho de 2009, quando a companhia realizou oprimeiro recall para corrigir o problema.

 

"Chegamos à conclusão de que não podemos estar totalmente seguros que o sistema de acionamento do airbag do motorista nos veículos acrescentados a este recall terá rendimento adequado", disse a empresa, que nos próximos dias começará a contatar os proprietários dos veículos afetados.

Tudo o que sabemos sobre:
recall, Honda, automóveis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.