Honduras apresentará resolução contra Cuba na ONU

Honduras anunciou que irá apresentar uma resolução internacional pedindo uma investigação na situação dos direitos humanos em Cuba - a mais dura posição assumida pelo país desde que retomou relações diplomatas com a ilha comunista, três anos atrás. A decisão foi anunciada em meio a acusações de autoridades cubanas de que Honduras curvou-se a pressões dos EUA, em troca de ajuda econômica adicional. O presidente hondurenho, Ricardo Maduro, recusou-se a responder à denúncia.O Departamento de Relações Exteriores de Honduras afirmou que pedirá à Comissão de Direitos Humanos da ONU, durante a reunião anual, no mês que vem, para aprovar o envio de representantes do Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos à ilha caribenha. Cuba, acrescentou, "deve cooperar plenamente".A resolução é semelhante à aprovada no ano passado na comissão pedindo para que monitores dos direitos humanos visitassem a ilha. A comissão tomou a posição como alternativa a uma emenda criticando a repressão a dissidentes em Cuba no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.