Honduras nomeia embaixador para Cuba depois de 45 anos

Honduras nomeou seu primeiro embaixador para Cuba em 45 anos nesta quarta-feira, 28, restaurando plenas relações diplomáticas com a ilha comunista pela primeira vez desde a Guerra Fria."Hoje, selamos nossa relação com Cuba", anunciou o presidente de Honduras, Manuel Zelaya, depois de uma reunião de duas horas com o visitante chanceler cubano, Felipe Perez Roque. Zelaya anunciou que o embaixador de Honduras em Havana será Juan Ramon Elvir.Honduras rompeu relações com Havana em 1962, quando Cuba foi expulsa da Organização dos Estados Americanos (OEA). O país centro-americano restaurou relações com a ilha caribenha em janeiro de 2001, mas não tinha até agora nomeado um embaixador. "Jose Martí, o herói da independência cubana, disse que os hondurenhos são um povo generoso, confiável e amável", disse Perez Roque após o encontro. "Nós os cubanos de hoje, que herdamos a ideologia de Martí de integração da América Latina, temos fé neste povo (hondurenho)."Perez chegou na quarta-feira para uma visita de dois dias a Honduras, visando fortalecer as relações comerciais e assinar acordos de cooperação nos campos da saúde e educação.Em anos recentes, alguns laços entre os dois países - como serviços médicos - foram aprofundados. Cerca de 340 médicos cubanos têm atendido a população do país centro-americano, e cerca de 500 hondurenhos estudam atualmente medicina em Cuba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.