Hong Kong começa a apurar votos de eleição legislativa

As eleições legislativas em Hong Kong já foram encerradas hoje e os votos começaram a ser contados. Espera-se que o baixo comparecimento na votação represente um golpe para a oposição pró-democracia do território. O resultado deve ser divulgado amanhã de manhã, no horário local. O comparecimento às urnas deve atingir o menor nível em dez anos, com as preocupações sobre salários, educação e inflação ofuscando as questões da reforma democrática. Cerca de 40% dos eleitores registrados haviam votado um hora antes de as urnas fecharem, ante o recorde de quase 56% de quatro anos atrás.Um líder da oposição já prevê grandes perdas para o grupo pró-democracia. O vice-presidente do Partido Democrático, Sin Chung-kai, disse a jornalistas após o fechamento das urnas que é questionável se a oposição conseguirá manter 20 de seus 26 assentos no Congresso de 60 assentos. "Eu acho que as chances de não conseguirmos manter 20 assentos são muito altas. Eu descreveria a situação como o pior desempenho do grupo pró-democracia desde a existência das eleições", avaliou. Os eleitores escolhem diretamente metade dos 60 assentos, enquanto o restante é escolhido por membros de grupos especiais de interesses, como empresários, advogados e contadores, os quais tendem a apoiar Pequim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.