Hong Kong encontra melamina em cereal e biscoito

O governo de Hong Kong informou hoje que foram encontrados traços de melamina em cereais para crianças e em biscoitos. Segundo um comunicado, o problema foi detectado nos cereais da marca Heinz e nos biscoitos produzidos pela Silang House. O governo afirmou que esses produtos não devem ser comercializados. Não estava claro se os alimentos haviam sido produzidos na China.A melamina é um componente químico usado na indústria de plásticos e em fertilizantes. Seu consumo em grandes doses pode levar à morte. Nas últimas semanas, o governo chinês revelou que empresas de laticínio adicionavam a melamina à mistura, para que o leite pudesse ser misturado com água e assim render mais. O componente, rico em nitrogênio, possibilitava fraudes em testes de nível de proteína.Quatro bebês morreram e mais de 54 mil crianças adoeceram por causa da melamina na China. Com isso, aumentou a vigilância do setor alimentício de diversos países sobre o que era importado do país.Taiwan - Três crianças taiwanesas desenvolveram pedras nos rins, após consumir o leite em pó chinês contaminado. Trata-se dos primeiros casos do tipo na ilha. Cinco outras crianças adoeceram após consumir produtos com melamina nos territórios chineses de Hong Kong e Macau. Em Taiwan, mais de 160 produtos com leite chinês foram retirados das prateleiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.