Hong Kong tem 5ª criança doente por causa de leite

O governo de Hong Kong informou hoje que uma quinta criança desenvolveu pedras nos rins após ingerir leite em pó contaminado. Segundo a versão oficial, o garoto de 10 anos está hospitalizado e sua condição é estável. Em Macau também houve um caso de uma criança enferma após ingerir a fórmula. O escândalo começou na China, onde o leite com a substância química melamina deixou mais de 53 mil crianças doentes e matou quatro bebês.Também hoje, funcionários da União Européia avaliaram que havia um risco pequeno de contaminação para a Europa. Apesar disso, a Comissão Européia, por precaução, anunciou medidas mais duras para os produtos chineses feitos para crianças. A Comissão Européia sugeriu a proibição de qualquer produto infantil chinês que contenha traços de leite. A medida não entrou ainda em vigor, porém a partir de amanhã todos os produtos importados que contenham mais de 50% de leite devem passar por testes mais rigorosos, de acordo com novas regras. Além disso, o controle sobre os produtos alimentícios chineses em geral aumentará.A melamina era acrescentada para fazer o leite render mais, pois assim era possível misturar água ao produto sem que testes de nível protéico detectassem a fraude. Esses testes registram os níveis de nitrogênio, e a melamina contém bastante nitrogênio. Porém a substância química, usada na indústria de plásticos, pode matar se ingerida em grandes quantidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.