Abdulkareem Haruna/AP
Abdulkareem Haruna/AP

Hospital nigeriano recebe 32 corpos após ataque

Ação de soldados pode ser represália à morte de um tenente na segunda-feira.

AE,

09 de outubro de 2012 | 14h21

MAIDUGURI, NIGÉRIA - Um hospital no nordeste da Nigéria não tem mais capacidade para receber cadáveres. Seu necrotério está lotado com os corpos de 30 civis mortos por soldados, afirmou um trabalhador do local nesta terça-feira.

Os soldados aparentemente atacaram uma vizinhança na cidade de Maiduguri após uma bomba ter matado um tenente na segunda-feira. Procurado, o Exército não quis se pronunciar.

O funcionário do hospital afirmou que 32 corpos foram entregues por um caminhão e tiveram que ser deixados no chão por falta de espaço. Ele falou em condição de anonimato por medo de represália dos militares. O restante dos cadáveres foi levado para outro hospital na cidade. Com AP.

Tudo o que sabemos sobre:
Nigériacadávereshospital

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.