Kenny Holston/NYT
Kenny Holston/NYT

Hospitalizados nos EUA ficam abaixo de 100 mil pela 1ª vez em dois meses

Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) emitiram ordem exigindo que os viajantes e passageiros do país usem máscaras em todas as formas de transporte público e nas rodoviárias

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2021 | 10h12

   

NOVA YORK - O número de hospitalizados nos Estados Unidos em razão da covid-19 caiu para menos de 100 mil pela primeira vez em quase dois meses, enquanto o número de novos casos continua a cair.

O número de pessoas internadas nos EUA por causa da doença era de cerca de 97.500 nesse sábado, 30, a primeira vez desde 1º de dezembro que o número ficou abaixo de 100 mil, de acordo com o Covid Tracking Project. O número de pacientes recebendo tratamento em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) também continua a diminuir, recuando para pouco mais de 19 mil no mesmo dia. 

Os Estados Unidos relataram mais de 136 mil novos casos de coronavírus no sábado, de acordo com dados compilados pela Johns Hopkins University. O número de mortos no País aumentou cerca de 2,6 mil, impulsionando o total para mais de 439 mil, de acordo com dados da universidade.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) emitiram na sexta-feira, 29, uma ordem exigindo que os viajantes e passageiros dos EUA usem máscaras em todas as formas de transporte público e nas rodoviárias a partir da próxima terça-feira, 2.  

Em todo o mundo, mais de 102 milhões de pessoas testaram positivo para o novo coronavírus desde o início da pandemia, incluindo mais de 26 milhões nos Estados Unidos. /Dow Jones Newswires 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.