Hostilidade russa preocupa Casa Branca

O governo dos EUA está preocupado com as possíveis repercussões que podem surgir após a Rússia ter tomado atitudes hostis nos últimos dias por causa do conflito com a Geórgia, afirmam analistas. De acordo com eles, Washington teme que a nova posição hostil do país faça com que Moscou use sua influência, poder de veto no Conselho de Segurança da ONU e indústria de armas para enfraquecer os interesses americanos no resto do mundo."É o Irã, a ONU, a Síria... há um grande número de questões nas quais eles (russos) podem ser menos cooperativos do que têm sido", disse Angela E. Stent, diretora do programa de estudos russos da Universidade Georgetown. No entanto, segundo especialistas, uma mudança de relação entre Rússia e EUA depende de como os dois lados vão agir nos próximos meses, pois ambos também compartilham interesses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.