Vincent Yu/AP
Vincent Yu/AP

Hu abre Congresso e pede aprofundamento de reformas

PEQUIM - O presidente da China, Hu Jintao, inaugurou nesta quinta-feira, 8, o 18º Congresso do Partido Comunista em Pequim com um pedido para que o legenda intensifique o processo de reforma política e faça avançar uma democracia popular no país.

Agência Estado

08 de novembro de 2012 | 15h00

 

Hu também defendeu a adição de medidas mais rigorosas no combate à corrupção no governo. "A reforma da estrutura política é uma parte importante das reformas gerais na China", disse Hu aos mais de 2.309 delegados reunidos em Pequim.

 

"Nós devemos continuar a fazer esforços ativos e esforços prudentes para levar a cabo a reforma da estrutura política e tornar a democracia popular mais abrange e mais intensa na prática", prosseguiu Hu em um discurso de uma hora e meia de duração.

 

Sobre o combate à corrupção nas fileiras governamentais, Hu foi enfático: "Ninguém está acima da lei. Se não conseguirmos lidar satisfatoriamente com essa questão, ela se mostrará fatal para o partido, com potencial para causar o colapso não só do partido, mas também do Estado".

 

O discurso de Hu marcou a abertura do 18º Congresso do Partido Comunista da China, durante o qual será definida a nova cúpula de poder para os próximos anos no país.

 

As informações são da Dow Jones e da Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.