Hu Jintao se reúne com congressistas dos EUA

Legisladores norte-americanos disseram que reclamaram das violações aos direitos humanos na China ao presidente do país, Hu Jintao, que visitou o Congresso dos Estados Unidos hoje. Hu se reuniu com os legisladores e teve encontros separados com líderes da Câmara dos Representantes e do Senado. Ontem, ele foi recebido na Casa Branca, em visita de alto nível, cujo objetivo foi melhorar a confiança entre as duas superpotências.

AE, Agência Estado

20 de janeiro de 2011 | 17h08

Hoje, o presidente da Câmara, John Boehner, disse aos participantes da reunião que Hu "levantou nossas fortes preocupações em relação aos relatos de violações de direitos humanos na China, incluindo a negação à liberdade religiosa e os abortos feitos sob coerção", resultado da política do filho único. Ele disse que os parlamentares também falaram sobre a necessidade de a China proteger melhor a propriedade intelectual e conter o comportamento agressivo da Coreia do Norte.

Hu também se reuniu com o líder da maioria no Senado, Harry Reid, que ontem chamou Hu de "ditador" durante uma entrevista, embora depois tenha tentado voltar atrás do comentário. Durante a visita, vários legisladores republicanos também atacaram a atuação do governo chinês na questão dos direitos humanos, expansão militar, estratégia financeira e venda de armas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
visitaCongressoEUAChinaHu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.